MPPE recomenda análise de água para consumo humano em Belém de São Francisco e Itacuruba

Os dados das Gerências Regionais de Saúde (Geres) têm indicado a presença de bactérias do tipo Coliformes totais e Escherichia em amostras de água para consumo humano. Diante do risco à saúde, o Ministério Público de Pernambuco recomendou às Secretarias de Saúde dos municípios de Belém de São Francisco e Itacuruba que sejam coletadas amostras em pontos anteriores à reservação. O material coletado deve ser encaminhado às Geres, com a finalidade de analisar a qualidade da água presente nos sistemas de distribuição nos dois municípios. 

Segundo a promotora de Justiça Manuela Capistrano Lins, no caso de serem identificadas quaisquer desconformidades no tocante à qualidade da água, os responsáveis pelo sistema de abastecimento de água deverão ser informados para solucionar a situação.

O MPPE recomenda, ainda, a alimentação constante do sistema de informação do Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (VIGIAGUA), bem como manter articulação com a Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) quando forem detectadas falhas relativas à qualidade dos serviços de abastecimento de água.

A 7ª Geres, além de encaminhar os dados referentes à qualidade da água ao MPPE, também deve orientar os respectivos municípios quanto ao procedimento de coleta das amostras.

As Secretarias Municipais de Saúde e a 7ª Geres têm o prazo de 10 dias para informar ao MPPE se acatam ou não a recomendação. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado.

PRF Recupera duas motocicletas no Francisco Figueira em Garanhuns


Na tarde desta segunda-feira (7) a Policia Rodoviária Federal em Garanhuns recuperou duas motocicletas no bairro Francisco Figueira.

Dias após receber ofício da Polícia Civil acerca de possível motocicleta com placa clonada em circulação no município, os agentes iniciaram levantamento de dados e localizaram a motocicleta, uma Honda XRE que ostentava placa do Estado de São Paulo, na casa de um artesão.

Após identificação veicular, foram constatados indícios de adulteração que levaram os policiais a descobrirem a verdadeira placa da motocicleta, furtada no município de Cravinhos/SP em 2014.

Além da moto Honda XRE 300, foi verificada a presença de outra Honda, uma CG 150, também com indícios de adulteração e portando a placa original de outra motocicleta roubada no município de Vitória de Santo Antão/PE, em janeiro desse ano. Nesse instante, apresentou-se como proprietário da segunda moto, um homem de 25 anos, genro do proprietário da residência.

Diante dos fatos, motocicletas e responsáveis foram encaminhados à polícia judiciária em Garanhuns para continuidade dos procedimentos legais cabíveis.