Sábado é o Dia D de vacinação contra a influenza

Este sábado (13) é o Dia D da campanha de vacinação contra a influenza. Em todos os municípios, os postos de saúde estarão abertos para atender os pernambucanos que estão inclusos nos grupos prioritários. Até a última quinta-feira (11.05), 637.742 mil pessoas (27,37%) foram imunizadas.

Mais de 1,6 milhão ainda precisam tomar a vacina, que protege contra as influenzas A(H1N1), A(H3N2) e B e tem um ano de validade. Cerca de 5 mil pontos de vacinação, entre unidades de saúde e postos volantes, estarão disponíveis em todo o Estado.

Os grupos prioritários são formados por idosos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, professores dos ensinos básico e superior de escolas públicas e privadas e profissionais de saúde.

A campanha segue até 26.05. Importante ressaltar que quem tomou no ano passado e continua dentro dos grupos prioritários também deve ser imunizado.

Em doenças agudas febris moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro. As pessoas com história de alergia a ovo, que apresentem apenas urticária após a exposição, podem receber a vacina da influenza mediante adoção de medidas de segurança. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

SRAG E INFLUENZA – Em 2017, até 22.04, ocorreram 537 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), com 42 confirmações para influenza A(H3N2) e 4 para influenza B. Em 2016 foram 439 casos de SRAG, com 56 confirmações para influenza A(H1N1) e 2 para influenza B. Em relação aos óbitos, houve 1 para influenza A(H3N2) neste ano. Em 2016, foram 15 para influenza A(H1N1), além de mais 1 por influenza A não subtipada.

PF apura denúncia de ex-vereador contra prefeituras de Brejinho e Itapetim

A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira (11) mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região nas prefeituras de Brejinho e Itapetim, ambas no Sertão do Pajeú.

O processo se originou de uma denúncia feita pelo ex-vereador e candidato derrotado à prefeitura nas últimas eleições, Mário José Soares Cavalcanti (PTB).

A chamada “Operação Couraça” investigará denúncias sobre fraudes em licitações e desvio de recursos públicos, fatos que foram negados peremptoriamente pelo ex-prefeito José Vanderley (Brejinho) e pelo prefeito Adelmo Moura (Itapetim), ambos do PSB.

Ao todo, foram recrutados 80 policiais para cumprir 20 mandados de busca e apreensão em Brejinho, Itapetim, São José do Egito e Recife.

Eles estiveram na residência de José Vanderley e de Adelmo Moura, na casa do ex-prefeito Arquimedes Machado (Itapetim) e num escritório de contabilidade em São José do Egito.

No final da tarde desta quinta-feira, a atual prefeita de Brejinho, Tânia Maria (PSB), sucessora de José Vanderley, divulgou a seguinte nota oficial para rebater declarações de um delegado da PF sobre seu suposto envolvimento nos fatos denunciados:

I – A prefeita do Município de Brejinho, Tânia Maria Santos, por meio da presente nota, repudia veementemente as declarações feitas pelo delegado da Polícia Federal proferidas nesta quinta-feira (11), em coletiva de imprensa, sobre a “Operação Couraça”.

II- É público e notório que a prefeita Tânia Maria iniciou seu mandato no dia 1º de janeiro deste ano, sendo este, portanto, o primeiro ano de sua gestão.

III- Como informa a própria Polícia Federal, a Operação visa à apuração de atos administrativos ocorridos neste município entre os anos de 2013 e 2014, ou seja, de um período em que Tânia Maria ainda não estava à frente da Prefeitura.

IV- A prefeita se solidariza com o seu antecessor, José Vanderley da Silva, com quem trabalhou durante quase 20 anos, e está absolutamente certa de que ele provará na Justiça a correção e lisura de todos os atos praticados durante a sua administração.

Quanto ao prefeito Adelmo Moura, estará nesta sexta-feira (12), no Recife, para se encontrar com seu advogado Amaro Alves e logo depois divulgará uma nota de esclarecimento sobre a Operação.

Ele disse ter a consciência tranquila de que nada de irregular existe na prefeitura, tanto que acaba de ser eleito pela quarta vez para dirigir os destinos do seu município, ao passo que o seu acusador já fez várias tentativas e nunca ganhou uma eleição para prefeito.

Deputado sugere “frente” em defesa do rio Capibaribe

O deputado estadual e presidente regional do PTB, José Humberto Cavalcanti, propôs nesta quinta-feira (11) na Assembleia Legislativa a criação de uma frente parlamentar em defesa do rio Capibaribe.

O rio nasce na cidade de Poção e banha diversas cidades do Agreste pernambucano, entre elas Caruaru e Limoeiro. O leito está praticamente seco e isso tem sido motivo de preocupação do deputado petebista.

José Humberto não acompanhou a caravana de deputados da oposição que esteve nesta quinta-feira (11) nas cidades de Ouricuri e Araripina, no rastro do governador Paulo Câmara que esteve na região, na semana passada, com o seu “Pernambuco em ação”.

Liderada por Sílvio Costa Filho (PRB), a caravana visitou o Hospital Regional Fernando Bezerra, em Ouricuri, e participou de uma audiência pública na Câmara Municipal de Araripina da qual participaram o prefeito Raimundo Pimentel (PSL) e sua mulher, a deputada Socorro Pimentel (PSL).

Senador fará novo giro pelo Agreste neste final de semana

Humberto Costa no Senado

O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), fará um novo giro pelo Agreste Meridional neste final de semana visando à preparação de sua candidatura a uma vaga na Câmara Federal.

O senador visitará os municípios de Bom Conselho e Pedra. Segundo ele, o seu propósito é intensificar as visitas às várias regiões do Estado a fim de alertar a população sobre os “malefícios” da reformas trabalhista e previdenciária.

“Estados vivendo um momento muito difícil nesse país. Um momento em que um governo que sequer passou pelo crivo das urnas mantém uma ameaça real às conquistas trabalhistas que vêm desde a década de 1940. Isso sem falar na perversidade desta reforma da previdência, que pune os mais pobres e garante os privilégios dos mais ricos”, disse o senador.

Em Bom Conselho, ele participará da entrega dos certificados de comunidades quilombolas em duas comunidades: Amargoso e Lagoa Primeira. Ao todo, 180 famílias serão beneficiadas com o documento, que garante o acesso à terra e ações de infraestrutura.