Prefeitura de Caruaru diz que liminar foi cassada e que São João 2017 será um sucesso 


NOTA DE ESCLARECIMENTO 

A Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru esclarece que o processo licitatório para a escolha da empresa responsável pela estrutura do São João 2017 está prosseguindo normalmente, conforme padrões executivos do certame. Na última quinta-feira (04), o presidente do Tribunal de Justiça cassou a liminar que suspendia o processo. 

O resultado com a empresa ganhadora da licitação está previsto para o dia 9 de maio. A Fundação reitera seu compromisso em fazer um São João lindo, com muitas novidades e para todos, unindo tradição e entretenimento.

Entenda o caso 

Liminar cria dor de cabeça para Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru 

Caminhada SOS Ipojuca mobiliza sociedade em prol do Rio


Foi realizada na manhã deste domingo (6) a primeira caminhada para alertar sobre a necessidade de salvar o Rio Ipojuca, que corta todo o perímetro urbano de Caruaru. A ação foi promovida pela Associação SOS Rio Ipojuca e mobilizou pessoas de vários setores da sociedade. A comitiva saiu do Parque do São Francisco e foi até às margens do Rio, no Parque 18 de Maio, onde a situação é mais crítica. No local deu para perceber como todo tipo de entulho é jogado dentro do leito do Ipojuca.

Um dos organizadores da caminhada, Henrique Andrade, comemorou a ação. “Gostaria de agradecer a cada um que disponibilizou tempo para participar conosco da primeira Caminhada do SOS Rio Ipojuca. Por mais que falemos sobre o rio, nada substitui o que vimos hoje. Muito trabalho a ser feito, mas também muita força de vontade e engajamentos das pessoas. Desse passeio surgiram várias ideias e projetos, que oportunamente serão divulgados. Com a ajuda de Deus e o apoio de todos vamos conseguir revitalizar/renaturalizar nosso rio”, disse. 

Próximo a Saldanha da Gama o Rio apresenta um dos piores cenários

Licitação de empresa para construir estrutura do São João de Caruaru vira dor de cabeça para Fundação de Cultura


Faltando pouco menos de um mês para o São João de Caruaru uma ação na justiça vira dor de cabeça para a prefeita Raquel Lyra e o presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, Lucio Omena. O problema é a licitação da empresa para construir a estrutura do São João 2017. Empresas questionaram o resultado e uma liminar suspendeu o resultado do processo. 

A prefeitura de Caruaru corre contra o tempo para resolver o problema e começar a construção da estrutura da festa. O blog teve acesso aos valores que fizeram parte da concorrência e variam entre R$ 3,6 milhões e R$ 6,2 milhões. 

A situação gera críticas no meio e a ex-presidente da Fundação de Cultura e Turismo da Cidade, Lúcia Lima, que numa rede social postou observação sobre a situação. “Inacreditável o que está acontecendo com o nosso maior evento anual. Nosso patrimônio, nosso amado São João. Um absurdo!”, postou. 

O blog entrou em contato com a assessoria da Fundação de Cultura, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta. 

Programação – A gestão ainda não anunciou a programação oficial do evento, mas em entrevista aos jornalistas na última quinta-feira (7), a prefeita Raquel Lyra disse que anuncia até o fim dessa não apenas as atrações, mas também o novo formato da festa. Sobre os problemas que a gestão enfrenta, como perder uma concorrência do Ministério do Turismo com outras cidades cidades, entre elas Campina Grande, a tucana foi enfática. 

“A gente não encontrou nenhuma informação do São João do ano passado, começamos do zero. Estamos fazendo o possível. Aprovamos em tempo recorde a captação de recursos pela lei Roaunet e boa parte do que será investido no São João virá dessa ação”, disse a prefeita em entrevista à Rádio Cultura.