Destaques do Jornal das 7 desta quarta-feira (22)

Polícia Militar prende suspeitos de praticar assaltos no Agreste de Pernambuco; Governo de Pernambuco anuncia que segurança no carnaval será feita por mais de 31 mil policiais; Crise na segurança pública. Oposição pede presença da Força Nacional durante carnaval em Pernambuco. Secretário diz que não existe a necessidade desse tipo de ação.

Governador Paulo Câmara elogia PM e diz que vai prender bandidos que assaltam bancos; Comissão de vereadores da Câmara Municipal de Caruaru vai até o Recife e secretário de Defesa Social garante que vai aumentar efetivo da PM em Caruaru;

Na entrevista de hoje vamos falar sobre segurança e os desafios do poder público para conter a onda de crimes no estado. Para falar sobre o assunto eu recebo no estúdio a professora de Direito Penal e ex-delegada Kézia Lyra.

A partir de 7h na Globo FM Caruaru 89,9 ou na internet pelo www.globofm89.com.br

Paulo Câmara elogia ação da Polícia e diz que vai prender assaltantes de bancos

Pualo

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (21) no Palácio do Campo das Princesas, o governador Paulo Câmara (PSB) elogiou a ação da polícia durante o assalto à uma transportadora de valores, na madrugada de hoje, no Recife. Segundo Paulo, a Policia Militar foi ágil, competente e determinada durante o episódio de caos que se instaurou nas proximidades da empresa, isso evitou que o pior acontecesse.

O governador chegou ao Recife por volta das 16h e fez uma reunião de emergência com os comandos das policias Civil e Militar para tomar conhecimento do andamento das investigações. De acordo com Câmara, houve avanços na averiguação do crime, mas os mesmos não podem ser divulgados por conta do sigilo.

“Tomei conhecimento do que estava acontecendo ainda pela madrugada e fiquei acompanhando as notícias. Estamos confiantes no trabalho da PM que mostrou estar preparada para ações como esta. Precisamos dar uma resposta rápida a população e prender os responsáveis por esse crime”, afirmou.

Paulo Câmara comentou também o pedido da bancada de oposição da Assembleia Legislativa que pediu o reforço da Força Nacional no Estado para os dias de carnaval. Segundo o governador, não existe a necessidade da intervenção nacional na segurança de Pernambuco, o Governo juntamente com as policias estão focados em evitar novos episódios como este.

Carnaval

Câmara reforçou o anuncio feito, na tarde de hoje, pelo secretário de Defesa Social, Angelo Gioia, sobre a segurança durante dos dias de folia no Estado. “Vamos ter um reforço de 12% no efetivo. A população pode ter certeza que estará segura no carnaval. Vamos prender arruaceiros e quem perturbar o sossego de quem quer brincar em paz”.

Policia Federal

O governador afirmou que vai solicitar à Policia Federal uma fiscalização nas empresas de transporte de valores que atuam em Pernambuco. “Vamos cobrar o bom funcionamento das empresas de segurança do Estado”, concluiu.

Secretário garante a vereadores de Caruaru que vai aumentar efetivo da PM na cidade 


Do G1 Caruaru e Região 

A Comissão de Segurança da Câmara de Veradores de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, realizou nesta terça-feira (21), uma visita ao secretário de Defesa Social do Estado, Angelo Gioia. A deputada estadual, Laura Gomes (PSB), também participou do encontro.

Segundo o presidente da Comissão, vereador Marcelo Gomes (PSB), o secretário garantiu o aumento do efetivo da Polícia Militar, como uma das ações para melhorar a segurança na cidade. “Ele nos comunicou sobre o aumento do efetivo da Polícia Militar, nos garantiu que até o fim desse semestre, 1.500 novos homens entrarão na PM. Com certeza, muitos virão para Caruaru. Além disso, a entrada de mais 1000 homens foi liberada pelo governador Paulo Câmara. Ao todo, serão 2.500 a mais até o final do ano”, disse.

Ainda segundo Marcelo Gomes, a entrada dos novos policiais facilitaria a criação de um batalhão exclusivo para Caruaru. O vereador afirmou que a Comissão realizará visitas a algumas instituições. “Nos próximos passos, vamos realizar visitas, dentro de um cronograma. Vamos também realizar uma reunião de trabalho. Existe uma tentativa de visitar todos os aparelhos de segurança. No momento em que vivemos, precisamos pensar nisso com cuidado”, disse.

A Comissão foi informada também sobre o início da reforma das instalações do Batalhão da Polícia Militar a fim de abrigar a ROCAM, a Cavalaria e a companhia de cães. Além de Marcelo Gomes, fazem parte da Comissão de Segurança os vereadores Sérgio Siqueira (PTdoB), Pierson Leite (PSD), Bruno Lambreta (PDT) e Galego de Lajes (PSD).

Deputado lembra morte do advogado Evandro Cavalcanti

Em sessão na Câmara dos Deputados, Danilo Cabral (PSB-PE) prestou uma homenagem ao advogado Evandro Cavalcanti, defensor dos trabalhadores rurais de Pernambuco. Natural de Surubim, ele presidia 20 sindicatos rurais do Agreste do Estado quando foi assassinado há 30 anos. “A luta dos trabalhadores rurais pelo direito à terra em Pernambuco iria levar à morte um jovem advogado, um democrata, um guerreiro, um conterrâneo, que foi barbaramente assassinado. E esse crime se constituiu num marco na resistência democrática e na luta dos trabalhadores”, afirmou.
Danilo Cabral lembrou que o crime ocorreu, em 1987, logo após a posse do ex-governador Miguel Arraes para seu segundo mandato no comando do Palácio do Campo das Princesas. “Evandro liderava a emblemática luta dos trabalhadores rurais do Agreste, seu sacrifício não foi em vão, inspirou e continua inspirando a luta de muitas gerações”, acrescentou.

Evandro Cavalcanti foi assassinado com oito tiros enquanto caminhava pelo centro de Surubim, em um sábado, em plena feira livre do município. Ele estava ao lado da esposa, Jucilete Cavalcanti, e de uma das filhas. O inquérito policial concluiu que o crime foi motivado pelas denúncias que o advogado fazia contra irregularidades e violências praticadas pelos proprietários de terra da região contra os agricultores. Foram indiciados e cumprem pena até hoje Charles Farias Guerra e José do Rego Neto, proprietários de terras na região, e Severino Sinval, que teria intermediado a contratação de pistoleiros que cometeram o assassinato.

OAB cobra melhor segurança no Estado 


Com o auditório lotado de conselheiros, a OAB-PE recebeu na noite da segunda-feira (20) o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Ângelo Gioia, e o procurador-geral do Estado, César Caúla. A instituição está participando dos debates sobre a segurança pública em Pernambuco. O presidente da OAB-PE, Ronnie Preuss Duarte, esteve à frente da sessão e garantiu que a Ordem vai colaborar com as discussões “opinando sobre os rumos escolhidos para a defesa pública no estado de maneira isenta, apartidária e tendo como objetivo único a melhoria das condições de segurança do povo pernambucano”, afirmou.

O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Ângelo Gioia, admitiu que os números dos crimes são desconfortáveis, mas garantiu que o governo está trabalhando de forma intensa para alcançar resultados positivos. “Estamos envolvidos em um trabalho cuidadoso e intenso e iremos colher resultados a médio e longo prazo”, afirmou. O secretário também disse que, até o fim deste ano, dois mil Policiais Militares e mil Policiais Civis serão integrados ao quadros da polícia.

Entre as medidas já adotadas para conter a violência, foram promovidas uma série de alterações em protocolos. “Mudamos na forma de enfrentar explosões de caixas eletrônicos, assaltos a banco e a ônibus, e estamos investindo muito na investigação de grupos de extermínios”, afirmou. O secretário também chamou à atenção para importância do trabalho policial no combate à violência. “Não vamos reduzir a criminalidade sem alterar o ambiente das polícias. Não existe polícia sem respeito, hierarquia e disciplina. Precisamos resgatar estes valores”, concluiu.

Também presente na sessão, o procurador-geral do Estado, César Caúla, destacou a importância da abertura para o diálogo. “O Governo de Pernambuco nunca se furtou ao diálogo, sempre marcado pela franqueza. O crescimento nos números da violência não está acontecendo por falta de investimento e esforço”, afirmou. “Ninguém acha que o Pacto pela Vida é imune a mudanças ou perfeito em sua formação. A lógica do Pacto inclui a busca permanente pelo aperfeiçoamento”, concluiu o procurador ao destacar a importância da participação da OAB-PE no debate.

Ainda na sessão, o presidente Ronnie Duarte instituiu a Comissão Especial de Segurança Pública da OAB-PE. O grupo vai estudar iniciativas que podem ser tomadas pela instituição. O trabalho da equipe será apresentado em março, na sessão do Conselho Pleno, para deliberação. A Comissão é presidida pelo conselheiro João Olímpio. Os conselheiros Leonardo Oliveira e João Vieira Neto ocupam, respectivamente, a vice-presidência e a secretaria. Ainda na comissão os também membros do conselho Eduardo Paurá, Eduardo Emerenciano e Sócrates Vieira Chaves.

Secretária da Mulher de Caruaru participa de formação sobre violência obstétrica

A secretária da Mulher, Perpétua Dantas, participa, nesta quarta-feira (22), de uma formação sobre violência obstétrica ministrada por componentes do Nascer Bem Caruaru. O tema é de suma importância e abre um leque de discussões acerca de atos violentos cometidos na hora do parto. É considerada violência obstétrica tudo que machuque ou possa constranger uma mulher na hora de dar à luz.

Em Caruaru, a coordenação da Câmara Técnica de Enfrentamento à Violência Obstétrica ficou a cargo da Secretaria de Políticas para Mulheres. Também são membros representantes das Secretarias de Saúde, Administração e Desenvolvimento Social, além dos conselhos de Enfermagem, Medicina e Psicologia, bem como movimentos sociais, parteiras, doulas e os profissionais de saúde na assistência ao parto.

O encontro será realizado no Campus do Agreste da Universidade Federal de Pernambuco (CAA-UFPE), que está localizado às margens da BR 104, Km 59, bairro Nova Caruaru.

MPF denuncia ex-deputado federal e cinco envolvidos em desvio de verbas do Turismo

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco denunciou o ex-deputado federal José Chaves e outras cinco pessoas por envolvimento em fraude criminosa que resultou no desvio de R$ 97,7 mil em recursos federais provenientes do Ministério do Turismo (MTUr). A denúncia já foi recebida pela 36ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco e os acusados pelo MPF se tornaram réus na ação penal.

A verba deveria ter sido empregada na realização do São João Pé de Serra Olindense, evento que nunca foi realizado, conforme depoimentos de artistas que supostamente teriam sido contratados para realização de shows. O MPF também analisou relatórios de auditorias do Tribunal de Contas da União (TCU) e do próprio MTUr que apontaram a não prestação de contas desse convênio.
Os recursos federais foram obtidos a partir de emenda parlamentar proposta pelo ex-deputado federal, em 2005.

As apurações revelaram que o dinheiro público foi totalmente dividido entre os denunciados. José Chaves e o gerente da Companhia de Eventos, Rogério Robalinho de Oliveira Cavalcanti, articularam a transferência dos recursos para a instituição sem fins lucrativos Viva Arte, dirigida por Rinaldo Antônio da Silva. O produtor cultural Luiz Carlos Reis Nogueira intermediou o contato entre Rogério Robalinho e Rinaldo da Silva.

Depois, parte da verba – no valor de R$ 82,6 mil – foi repassada para a Companhia de Eventos, sob o pretexto de terceirização da realização do evento referente aos festejos juninos que não existiu. Rinaldo da Silva ficou com cerca de R$ 6 mil, por ter permitido que a ONG sob sua direção fosse usada para o desvio dos recursos. Luiz Carlos Nogueira recebeu R$ 9 mil pela participação no esquema.

Rogério Robalinho, por sua vez, depositou na conta do assessor parlamentar de José Chaves, Ernesto de Albuquerque Vieira Filho, dois cheques somando R$ 30 mil. O coordenador Geral de Convênios do MTUr à época, Murillo de Miranda Bastos Nesto, também foi denunciado pelo MPF por participação no esquema. Ele autorizou a transferência da verba quase dois meses após a suposta data de realização do evento.

Caso a Justiça Federal acate os argumentos do MPF, os seis réus podem ser condenados a até 12 anos de prisão, além do pagamento de multa, por desvio de dinheiro público. Na ação, também foi pedido que a Justiça determine o ressarcimento à União dos valores desviados, devidamente atualizados.

Governo apresenta esquema de segurança para o carnaval 2017

192953,930,80,0,0,930,522,0,0,0,0

O governo de Pernambuco apresentou nesta terça-feira (21) o planejamento operacional da Secretaria de Defesa Social (SDS) para o período de 24 fevereiro a 5 de março, com um efetivo de 30.524 policiais e bombeiros militares, distribuídos na Região Metropolitana do Recife (RMR) e no Interior. Eles atuarão de forma integrada aos demais órgãos do Estado e das prefeituras, garantindo a tranquilidade e a segurança com forte ostensividade no Galo da Madrugada, Recife Antigo e Olinda, além de outras cinco cidades da RMR e 17 do Interior.

Foi publicado, no Diário Oficial do Estado, o decreto 44.128, assinado pelo governador Paulo Câmara, que torna obrigatório aos servidores das polícias Militar, Civil, Científica e Corpo e Bombeiros, o cumprimento das jornadas para as quais foram escalados nesse período de 10 dias. “Fizemos um planejamento com muito cuidado e dedicação, com uso de toda força policial especializada, duas plataformas elevadas, câmeras de videomonitoramento, unidades avançadas nos focos de folia, uso de dois helicópteros, agentes de inteligência infiltrados entre os foliões e reforço da frota de veículos. Temos um efetivo bem próximo ao de anos anteriores, só que, proporcionalmente, teremos mais policiamento, uma vez que diversas cidades, a exemplo de São Lourenço da Mata e Carpina, cancelaram os festejos por falta de recursos financeiros. Temos uma mensagem bem simples e direta aos milhões de foliões pernambucanos e turistas que escolheram este Estado como destino: brinquem com muita alegria e imbuídos da cultura de paz. E aqueles que tentarem a desordem terão uma resposta rápida e efetiva da nossa tropa, que, a despeito dos alardes feitos por uma minoria pregadora de um suposto caos, está bastante motivada”, resumiu o secretário de Defesa Social, Angelo Gioia.

Dos 30.524 postos de trabalho escalados para o Carnaval, 23.021 são dos quadros da PM, 3.982 são da Polícia Civil, 2.897 vêm do Corpo de Bombeiros, 454 pertencem à Polícia Científica, 118 atuam pela Corregedoria, 47 estão no Grupamento tático Aéreo (GTA) e 5 prestam serviço pela Ouvidoria Itinerante. Para acompanhar em tempo real a Folia de Momo, estará em funcionamento, ininterruptamente, do dia 24 de fevereiro a 1º de março, no Centro Integrado de Comando e Controle Regional – CICCR, no Bairro de São José, o Centro de Operações do Carnaval. Lá, funcionarão, de forma integrada à SDS, diversos órgãos, a exemplo das polícias Federal e Rodoviária Federal, DER, Prefeitura do Recife, Consórcio Grande Recife e Metrorec.

“No Centro de Operações, visualizaremos as câmeras de videomonitoramento instaladas em Olinda, no Sítio Histórico, no Recife Antigo e nas ruas do Centro da Capital por onde passará o Galo. Receberemos imagens captadas por duas plataformas elevadas (cada uma com 14 câmeras, a uma altura de 15 metros) instaladas na Praça do Carmo e próxima ao Marco Zero, além de informações coletadas pelos postos avançados e policiais responsáveis pelas rondas, nas mais diversas modalidades, como a cavalo, a pé, com uso de cães e motorizados”, explica o secretário executivo da SDS, João Luiz Caetano.

POLOS – Somente no Recife, foi feito um planejamento operacional para os 47 polos da Capital, sendo os principais no Marco Zero, Pátio de São Pedro, Arsenal da Marinha, Cais da Alfândega, Rua da Moeda, Praça da Independência, Campo Grande, Ibura, Cordeiro, Brasília Teimosa, Várzea, Linha do Tiro, Lagoa do Araçá, Alto José do Pinho, Jaqueira, Macaxeira, Dona Lindu e Santana. Na RMR, terão maior reforço, além de Recife e Olinda, as cidades de Araçoiaba, Camaragibe, Itamaracá Ipojuca, Moreno e Itapissuma. No Interior, considerando o porte de suas festas, os municípios com maior ostensividade são: Vitória de Santo Antão, Nazaré da Mata, Goiana, Paudalho, Bezerros, Timbaúba, Catende, Tamandaré, Pesqueira, Surubim, Arcoverde, Triunfo, Belém do São Francisco, Salgueiro, Trindade, Serra Talhada e Petrolina. “Em todas as cidades de Pernambuco, teremos policiamento, além de delegacias regionais em plena atividade, perícias criminais dando suporte às investigações e a presença do Corpo de Bombeiros, fiscalizando bares, trios elétricos e camarotes, além dos resgates, salvamentos e operações em caso de incêndios e desastres”, detalha Angelo Gioia.

GALO DA MADRUGADA – No maior bloco carnavalesco do mundo, o efetivo de segurança será composto de 4.254 profissionais (sendo 3.106 PMs), interligados a dois centros de comando, localizados no fórum Thomaz de Aquino e na Estação Central do Metrô do Recife. Nesses dois pontos, onde atuarão as forças de segurança acrescidas do Poder Judiciário, Defensoria Pública e Ministério Público, também funcionará o Juizado do Folião, projeto que completa, em 2017, 10 carnavais. No juizado, serão atendidos os delitos de menor potencial ofensivo (não ultrapassam a pena de dois anos de prisão), garantindo o devido processo legal às prisões e detenções realizadas pelas polícias.

Vereador solicita criação da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara de Caruaru

alberes lopes

O vereador Alberes Lopes (PRP) solicitou à Câmara Municipal a criação da ‘Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Feiras’, para atuar especialmente na análise de projetos de lei referentes à ordem econômica do município.

Como justificativa, Alberes Lopes defende que o Legislativo deve criar um espaço para debater alternativas que ajudem o Poder Executivo a atender as necessidades de uma cidade com vocação de liderança econômica regional e impulsionar a geração de emprego e renda.

Oposição na Assembleia pede apoio da Força Nacional

 A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) entrega na manhã desta terça-feira (21) um ofício dirigido ao governador Paulo Câmara para que o Estado de Pernambuco solicite o apoio da Força Nacional para reforçar a segurança no Carnaval.

O pedido da Oposição leva em consideração o aumento da criminalidade no mês de janeiro, quando foram registrados 479 assassinatos, 10.691 crimes contra ao patrimônio, 2.743 casos de violência doméstica contra a mulher e 148 estupros. Também chama a atenção da Bancada, os incidentes ocorridos nesse período pré-carnavalesco, indicando a necessidade de reforço na segurança pública.

“Outra preocupação dos parlamentares é a baixa adesão da categoria ao Programa de Jornadas Extras de Segurança (Pjes),expondo o déficit de pessoal na Polícia Militar e reduzindo o efetivo disponível nas ruas”, diz o líder da bancada Sílvio Costa Filho.  

Além do pedido ao governador, a Oposição vai encaminhar, também nesta terça-feira, ofícios ao Ministro da Justiça e da Defesa pedindo apoio do Governo Federal, em caráter de urgência, esforços para combater a criminalidade no Estado.