Laura Gomes participa de carreata ao lado de Fernando Haddad e Paulo Câmara

Laura Gomes, candidata à reeleição para deputada estadual, ao lado da sua equipe 40240, seguiu em concentração à Avenida Rui Barbosa para aguardar o candidato à presidente Fernando Haddad (PT) e o governador Paulo Câmara.

“Foi um momento histórico para Caruaru. Me sinto feliz em poder participar desse evento ao lado de políticos sérios. Também tenho orgulho de apoiar um candidato à presidente que sonha em mudar, para melhor, a vida das pessoas”, afirmou Laura Gomes.

O grupo seguiu pelos principais bairros da cidade.

Aliados de Bolsonaro realizam caminhada neste domingo (23) em Caruaru

Os simpatizantes da candidatura de Jair Bolsonaro realizam em Caruaru neste domingo (23) uma caminhada na Avenida Agamenon Magalhães, principal via da cidade.

Eles vão aproveitar que o espaço é fechado para área de lazer e realizar o evento. O candidato a deputado estadual, Silvio Nascimento, está à frente da organizado do ato, que começa a partir de 15h na frente do Palácio do Bispo, ao lado da Catedral.

Em Caruaru, Haddad chega com duas horas de atraso e participa de carreata

O candidato à presidência pelo PT, Fernando Haddad, chegou a cidade de Caruaru por volta de 17h, duas horas após o previsto para ter início uma carreata pelas principais ruas da cidade.

Não houve discurso e nem fala com a imprensa. Após chegar na cidade ele saiu num carro aberto ao lado do governador Paulo Câmara (PSB), do senador Humberto Costa (PT), ambos disputam a reeleição.

No veículo que vai à frente da carreata ainda estão a deputada Laura Gomes (PSB), o vereador petista Daniel Finizola, a candidata à vice de Paulo, Luciana Santos e outras lideranças políticas.

Em Garanhuns, grupo de lideranças ligadas a Marília Arraes migra para Armando

Sessenta e um vereadores, ex-prefeitos e ex-vice-prefeitos do Agreste Meridional que defendiam a pré-candidatura da vereadora do Recife Marília Arraes (PT) ao governo do Estado anunciaram, na manhã deste sábado 22, apoio a Armando Monteiro (PTB).

O apoio foi anunciado em Garanhuns, no Agreste Meridional, onde Armando esteve com os candidatos ao Senado Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM). Falando em nome dos colegas, o vereador de Garanhus Alcindo Correia (PCdoB) destacou o processo antidemocrático que tirou Marília do páreo. “Eles é quem são golpistas. Armando será o futuro governador de Pernambuco”, enfatizou Correia.

Armando agradeceu ao apoio e fez questão de chamar as lideranças de “companheiros de luta”. “Gostaria de fazer uma homenagem à guerreira Marília Arraes. Esse povo acha que tomou conta do Estado. Mas o povo livre de Pernambuco vai tirar eles do Palácio”, reforçou Armando. “Vocês são muito bem-vindos”, arrematou.

Em seguida, na companhia do prefeito Izaías Régis (PTB), Armando caminhou pelas ruas da cidade. A caminhada foi seguida de um breve ato, no tradicional Espaço Colunata, na Avenida Santo Antônio. “Perceber o olhar de esperança dos jovens e o de confiança dos mais velhos é uma prova de que Pernambuco quer mudar. O atual governador já teve a chance dele e foi reprovado. Tudo piorou. Agora é a hora de mudar. Eles sabem que vão perder e já começaram o jogo sujo, atingindo as nossas famílias. Mas se vierem quente, vamos devolver fervendo”, afirmou Armando.

Jarbas não é citado por Paulo Câmara

Do Blog de Jamildo

Sem a presença do deputado federal e candidato ao Senado Jarbas Vasconcelos (MDB) no ato deste sábado (22), no Centro do Recife, o governador Paulo Câmara (PSB) pediu votos para toda a chapa majoritária com exceção do emedebista. Ao lado do candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, do senador Humberto Costa (PT) e da deputada federal Luciana Santos (PCdoB), o socialista não citou sequer Jarbas em seu discurso, que começou com vaias e gritos de “golpista” vindos da militância petista.

Em sua fala, o governador voltou a criticar o seu principal adversário, o senador Armando Monteiro Neto (PTB), ao afirmar que o petebista e seus aliados “querem fazer aqui em Pernambuco o mesmo mal que fizeram ao Brasil”. “A gente vai eleger Fernando Hadadd, eleger Humberto Costa senador e a gente vai ter a honra de governar Pernambuco por mais quatro anos. Eu e Luciana Santos. Luciana Santos e eu”, afirmou Paulo Câmara.

Ao se dirigir a Fernando Haddad, Paulo prometeu que “não vai faltar empenho” para pedir votos por todo o Estado para o presidenciável, para Humberto e para ele mesmo. “Juntos vamos fazer aquilo que o (ex-) presidente Lula quer: é Fernando Haddad presidente e Paulo governador.

Já Jarbas Vasconcelos, que defende o voto no ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), esteve pela manhã deste sábado em reuniões com grupo políticos em Abreu e Lima e Olinda e durante a tarde gravou para o guia eleitoral. A assessoria de imprensa do deputado disse que ele não iria responder sobre o fato de Paulo não ter pedido votos para ele.

Haddad propõe repasse da Cide para prefeitos investirem em mobilidade

Do Blog de Jamildo

Em agenda neste sábado (22), no Recife, o candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, afirmou que caso seja eleito o seu eventual governo vai investir em um “projeto muito forte de mobilidade para o País”. Para isso, o ex-prefeito de São Paulo propôs repassar parte das Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) para as prefeituras “melhorarem a qualidade do transporte público”. Aproveitando que a data marca o Dia Mundial Sem Carro, o petista reforçou o que virou marca na sua gestão na Prefeitura de São Paulo: a utilização das bicicletas.

“Nós vamos passar uma parte da Cide para os prefeitos. Alguns querem baixar preço da tarifa ou parar de aumentar e não têm uma fonte financeira para isso. Nós vamos oferecer isso. Para nós, o plano de mobilidade, além de dialogar com o direito do trabalhador, dialoga com a questão do meio ambiente. Porque quanto mais transporte público, quanto mais transporte ativo, que é bicicleta e caminhada, menos poluição”, disse o presidenciável aos jornalistas após ato na praça Maciel Pinheiro, no centro da capital pernambucana.

Questionado sobre conversas com o PSDB em um eventual segundo turno entre ele e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), o petista desconversou, mas comentou a carta do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) que faz um apelo à união dos candidatos do chamado “centro democrático” para evitar os extremos no segundo turno na disputa presidencial. Para o ex-prefeito, FHC fez um gesto de apoio ao ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, presidenciável do PSDB, o “que é natural” para o candidato do PT.

“O segundo turno é outra conversa. Primeiro é o seguinte. Vamos chegar  no primeiro, primeiro. Vamos tratar do primeiro turno. Tem 15 dias. É  muito tempo. Está todo mundo muito buscando informação, querendo saber qual é a melhor proposta. Vamos continuar no nosso ritmo. Nós estamos crescendo. O Nordeste está bem. Vamos chegar no dia 07 primeiro”, disse.

“O Fernando Henrique tem uma ligação muito grande com o Geraldo, tem as mesmas ideias, tem o mesmo estilo. Então, é natural que ele apoie o seu candidato”, completou.

Em ato com Haddad, Paulo Câmara e família Campos são vaiados

Do Blog de Jamildo

Num ato de campanha neste sábado (22), no Recife, junto ao candidato à presidência do PT, Fernando Haddad, o governador Paulo Câmara (PSB) foi vaiado diversas vezes na Praça da Independência, no Centro da cidade. A viúva do ex-governador Eduardo Campos (PSB), Renata Campos, e o filho dele, João Campos, candidato a deputado federal, também foram vaiados.

Diante das vaias, o governador iniciou o seu discurso exaltando a aliança com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Antes mesmo de se dirigir aos militantes, o socialista foi vaiado também quando o senador Humberto Costa (PT) afirmou que ele seria eleito e durante a fala da candidata a vice-governadora, a deputada federal Luciana Santos (PCdoB).

“Não se faz nada sozinho. A gente às vezes tem a mania de achar que se elege o presidente e está resolvido. O presidente precisa de parceria do Congresso, precisa parceria dos governadores. Eu queria pedir para vocês que nós temos que estar unidos, unidos todos nós”, justificou Haddad. “Aqui está Renata Campos, minha querida, o filho João Campos, que tem muito correligionário aqui, o governador Paulo Câmara, Humberto Costa”.

Enquanto o presidenciável citava os nomes, começaram as vaias.

Opositor histórico de Lula, o outro candidato ao Senado, Jarbas Vasconcelos (MDB), não foi ao ato e não não foi citado pelos aliados nos discursos.

Bandeiras e cartazes de aliados da vereadora do Recife Marília Arraes (PT) e da própria petista foram levados. Grupos que defendiam a candidatura dela ficaram insatisfeitos com a aliança com o PSB. A poucos dias do fim do prazo para as convenções, a executiva nacional do PT decidiu fechar um acordo com os socialistas e rifar a postulação dela ao governo, contra Paulo Câmara.

Críticas ao adversário

Paulo Câmara aproveitou sua fala para atrelar o principal adversário, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) ao presidente Michel Temer (MDB), por causa da baixa popularidade do emedebista.

“A gente tem muita honra de ter aqui em Pernambuco o apoio do presidente Lula. A gente tem uma caminhada de 15 dias pra escolher o lado do povo, o lado de Eduardo Campos, o lado de Lula, de Fernando Haddad, e não o outro lado, da turma do Temer”, disse.

Polícia Civil apreende celulares sem nota e prende suspeitos na Feira do Troca de Caruaru

A Polícia Civil desencadeou na manhã deste sábado (22) na Feira do Troca de Caruaru uma Intervenção Tática Operacional. A ação foi liderada pelo Delegado Seccional, Bruno Vital, com assessoria do Núcleo de Inteligência PCPE/14/DINTEL.

A investigação teve início há duas semanas, com objetivo de apurar, identificar e prender suspeitos de estarem comercializando celulares provenientes de furtos ou roubos (receptação).

Na ocasião foram conduzidos 05 (cinco) suspeitos e apreendidos 26 (vinte e seis) celulares das mais diversas marcas e modelos, todos sem nota fiscal.

Foram empregados 10 (dez) Policiais Civis na execução da intervenção. Os procedimentos policiais estão em andamento na sede da Central de Plantão da 14ª Desec, localizada na 90ª Circunscrição Policial de Caruaru-PE (próximo ao terminal rodoviário).

Tony e Carreras promovem evento em Riacho das Almas

Na noite desta sexta-feira (21) foi realizada uma caminhada em Riacho das Almas, com a presença do deputado estadual Tony Gel (MDB) e do federal Felipe Carreras (PSB), ambos concorrem à reeleição e recebem o apoio do prefeito Mota (PSB).

Durante o percurso, uma multidão acompanhou os deputados. Ao lado deles estavam o prefeito Mota, o vice-prefeito Sérgio Mendes, vereadores e lideranças locais.

“Para mim caminhar ao lado de Tony Gel é uma grande honra, pois ele é um político que tem serviços prestados, e junto com ele vou continuar fazendo muito mais por Riacho das Almas e região”, declarou Carreras.

Delegado Lessa realiza caminhada no Vassoural

Na noite da sexta-feira (21) o candidato a deputado estadual Delegado Lessa (PP) realizou uma caminhada no bairro do Vassoural, em Caruaru. “Uma verdadeira ‘onda azul’ revestiu as principais vias do bairro, com inúmeras pessoas declarando apoio e abraçando a gente”,disse.

O Delegado Lessa destacou alguns dos compromissos para com a população ao ser eleito deputado. “Defendo as bandeiras de segurança pública; combate à corrupção e defesa dos valores da família. Quero agradecer a todas as pessoas do bairro, que nos recebeu com tanto carinho e atenção”, concluiu.